Home Crítica - Série Scream – Temporada 1 – Crítica
9.0

Scream – Temporada 1 – Crítica

0

Se você ainda não conhece a série, veja acima os oito minutos iniciais da temporada 1 de Scream.

Para quem nasceu nos anos oitenta ver o mascarado do Pânico (Scream) de novo em ação é muito bom, ele faz parte da cultura pop da época, quem não se lembra da quadrilogia da série, das péssimas escolhas que as vítimas tomavam ao serem perseguidas pelo mascarado e claro de todo o suspense gerado para sabermos quem é o verdadeiro assassino. Nos filmes nossa aflição demorava no máximo duas horas, agora com a série ela dura muito mais, dias, semanas, meses até que chegue ao fim da temporada. Ao longo da temporada desconfiamos de todos, sem exceção, queremos a todo custo saber quem é o assassino.

Em formato de série ficou muito interessante, ela é bem “teens”, mais ao mesmo tempo não é. Noah Foster (John Karna) é “nerd” e fascinado por “serial killers”, ele conseguiu mesclar o público “teens” e o adulto, deixando a série muito melhor e mais interessante. John Karna fez uma atuação excepcional nessa primeira temporada e esperamos que continue assim já que a série foi renovada para a segunda temporada pela MTV.

Aconselhamos, ela é muito interessante, misteriosa e ao mesmo tempo engraçada. Wes Craven, diretor e produtor executivo de todos os filmes e também produtor executivo da série, que é o gênio do gênero infelizmente faleceu nesse ano e esperamos que na próxima temporada ela volte com a mesma qualidade.


Crítica
Nos filmes nossa aflição demorava no máximo duas horas, agora com a série ela dura muito mais, dias, semanas, meses até que chegue ao fim da temporada. Ao longo da temporada desconfiamos de todos, sem exceção, queremos a todo custo saber quem é o assassino.
ÓTIMA
NOTA DOS USUÁRIOS


Fonte do Vídeo: MTV


Leonardo Rodrigues Muniz Um engenheiro fanático pelo mundo nerd, viciado em cinema e televisão.