Home Crítica - Série/Episódio Preacher 1×01 | Crítica
Preacher 1×01 | Crítica 3.5

Preacher 1×01 | Crítica

142
0

Preacher, a nova série que quase ninguém está entendendo, mas todos estão adorando. Como comecei recentemente a ler os quadrinhos de Preacher, durante a crítica vou conseguir sanar algumas das dúvidas geradas no primeiro episódio, mas tudo sem SPOILERS do futuro da série.

A série começa com uma espécie de cometa ou algo parecido vindo de espaço para Terra, mas de fato não é nada disso, na verdade aquilo é uma entidade chamada Gênesis, que foge do paraíso e vem para Terra com o intuito de possuir e se fundir a um corpo humano, algo que não deu muito certos nas primeiras tentativas na série, pois precisa ser um “hospedeiro” ideal.

Então somos apresentados aos protagonistas da série: primeiramente Jesse Custer (Dominic Cooper), um pastor na cidade de Annville, no interior do Texas, que tem um passado conturbado, mas agora está tentando seguir o caminho de Deus. Em seguida conhecemos Cassidy (Joseph Gilgun), um vampiro Irlandês com um sotaque sem igual e um humor super afiado. E por último, mas não menos importante, temos uma super apresentação de Tulipa O’Hare (Ruth Negga), uma linda mulher com habilidades incríveis, principalmente com uma arma na mão.

Em todos os eventos em que Gênesis tentou se fundir com um corpo e a experiência deu errado sempre vemos essa dupla misteriosa, o que serão eles? Agentes do governo? Ou algo diferente?

Jesse e Tulipa se encontram, ela chama ele para fazer um trabalho, assim como eles faziam no passado, mostrando que ambos têm um passado juntos, ela inclusive cita o pai dele. Jesse recusa o trabalho, pois ele quer continuar seguindo o caminho certo agora. Um pede desculpa para o outro sobre algo que aconteceu no passado deles que ainda não sabemos, que eles sem dúvida se arrependem muito.

Jesse vai à casa do xerife Hugo Root (W. Earl Brown), pois o filho dele, Eugene Root (Ian Colletti), conhecido como “Cara de Cu”, queria ver o Pastor, pois ele está se sentindo muito mal por causa da situação dele. No próximo episódio descobriremos porque Eugene tem aquela cara, algum palpite?

Jesse e Cassidy se conhece em um bar na cidade enquanto o Pastor estava tomando uma cerveja para esquecer os problemas, quando Donnie Schenck (Derek Wilson) chegou no bar perguntando porque o Pastor falou com a esposa dele, Betsy (Jamie Anne Allman) , sem falar com ele primeiro, e logo deu um murro na cara do Pastor e começou a fazer piadas sobre ele ser um cara durão, Jesse tentou acalma-lo sem partir para a ignorância, mas quando Donnie falou que sabia que tinha sido o garoto, Chris (Thomas Barbusca) , que tinha contato para Jesse sobre ele bater em Betsy, o Pastor pediu para ele não tocar no garoto ou ele iria ouvir um barulho agudo, como o de um coelho preso em uma armadilha para urso, então Donnie e todos os amigos deles foram para cima de Jesse, que inclusive contou com uma pequena ajuda Cassidy. Então o Pastor mostrou o barulho agudo para Donnie, e foi SENSACIONAL! Depois Cassidy e Jesse foram presos pelo xerife Hugo.

Emily Woodrow (Lucy Griffiths) pagou a fiança de Jesse e o levou até a igreja, e enquanto ele reclama com Deus, que estava cansado de tudo aquilo e queria uma resposta, a entidade Gênesis apareceu e entrou no corpo dele. Foi aí que vimos algumas lembranças do passado de quando Jesse era uma criança, o pai dele, que como podemos ver também era um pastor, dizendo para ele ser um cara bom, porque já tinha caras maus demais, e Jesse prometeu que seria um cara legal, e em seguida o pai dele foi assassinado por alguém com um tiro na cabeça.

Depois de três dias desmaiado Jesse acordou, mas ele ainda não se deu conta de que Gênesis faz parte dele agora. Logo que chega na igreja o Pastor coloca em prática, sem perceber, o poder da entidade Gênesis, que é fazer que as pessoas o obedeça. Cansado das reclamações do Ted, fala para ele falar com a mãe dele, ser corajoso e abrir o coração dele para ele. O que o Ted faz? Exatamente o que Jesse disse, vai até a mãe dele e abre o coração dele, literalmente, com uma faca, e o entrega para ela. Durante o sermão vemos Preacher/Gênesis dizendo que veio para salvar os fracos, os furiosos e os perdidos, que ele é responsável por tudo isso, e que é por isso que ele voltou para casa, para salvar todos! O que será essa entidade e o que ela quer aqui na Terra? Casa?

E acaba com a dupla misteriosa chegando em Annville e dizendo que Gênesis estava lá.


Veja o vídeo promocional do episódio “See”, Preacher 1×02, da próxima semana.

Se você ainda não viu o primeiro episódio, “Pilot”, Preacher 1×01, veja o trailer da série.


Crítica
ÓTIMO

(142)

Leonardo Rodrigues Muniz Um engenheiro fanático pelo mundo nerd, viciado em cinema e televisão.

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *